Produtos Fitoterápicos Tanara Artesanal

Tanara Artesanal é um projeto de Fitocosméticos Conscientes e Educação Ambiental Popular idealizado por Nanda Tanara, Educadora Popular da Teia dos Povos. A maioria dos consumidores de cosméticos e produtos de higiene nem imagina que aquelas texturas e cheiros agradáveis de seus shampoos, sabões, cremes dentais, hidratantes, maquiagens e perfumes são frutos de um longo processo de exploração da natureza e dos trabalhadores, além de possuírem substâncias tóxicas que causam doenças e alergias.

Brasileir@ utiliza diariamente aproximadamente cem substâncias químicas para os cuidados de higiene e cosméticos. Creme dental, hidratante, shampoo, condicionador, desodorante, talco, tinturas, esmalte, batons, maquiagens e perfumes estão presentes no dia a dia da maioria d@s brasileir@s, mas muitos não sabem os impactos causados pelas substâncias presentes nesses produtos aparentemente inofensivos, nem dimensionam o quanto contribuem para uma economia destruidora e neo-colonial, já que as transnacionais detém a maioria do mercado. Substâncias como parabenos, silicones, sulfatos, corantes, conservantes, industrializados e derivados de petróleo estão presente em quase todos esses itens, muitas delas proibidas em países do “primeiro mundo” há muito tempo. #boicotetransnacionais

Logomarca da Tanara Artesanal

Tanara propõe uma #descolonização da beleza através dos Fitocosméticos Conscientes Agroecológicos e Cuidados naturais. Traz o debate da importância da produção e uso de Cosméticos Agroecológicos diferenciando-os dos cosméticos orgânicos. Esse trabalho é realizado através de oficinas em diversas comunidades da Bahia, utiliza como metodologia a Educação Popular, trocando saberes e experiências, explora o conceito de agroecologia e apresenta as organizações “Teia Agroecológica dos Povos- rede de sementes Crioulas” e “Via Campesina”, através de vídeos e relatos da origem e objetivos dessas organizações.

A agroecologia diversifica papeis na agricultura familiar empoderando todos os sujeitos do núcleo familiar, tem a preocupação política em obter insumos 100% naturais oriundos da agricultura familiar. Ser agroecológica é entender que não estamos sozinhos no mundo, devemos respeito à natureza, aos trabalhadores, aos corais, tartarugas e peixes, devemos respeito aos que vieram antes de nós e a natureza mãe. Não existe fora! Existe fora das suas vistas, da sua casa, mas não há “jogar fora” para a natureza. Imagine aí uma lata de aerozol todo mês durante dezenas de anos?? Multiplica essas latinhas por milhões de pessoas em todo o mundo. Imaginou??

A transição agroecológica para os Cosméticos e cuidados naturais é difícil, mas não impossível. Ainda não atingimos 100% de produção agroecológica nos nossos produtos, pois ainda usamos óleos essenciais industrializados (indústria brasileira). Nosso próximo passo concreto é construir junt@ à Teia dos Povos uma rede de fornecedores e consumidores de Cosméticos Conscientes Agroecológicos e produzir nossas “essências florestais” – óleos essenciais das nossas comunidades, pois vivemos no país onde há a maior biodiversidade do planeta. A natureza nos dá tudo que precisamos. Os benefícios desses produtos vão além da estética, são terapêuticos, medicinais. Andam de mãos dadas com a ética, pois leva em consideração a forma como a matéria prima é produzida ou extraída da natureza, movimenta uma economia local ao priorizar matérias primas regionais, como por exemplo a manteiga de cacau e cupuaçu no lugar de manteigas importadas como Karité, por exemplo. O óleo de dendê e o óleo de côco que são centrais para o desenvolvimento das fórmulas. Tal economia é uma economia solidária aos Povos e à Mãe Natureza, pois utiliza-se de matérias primas in natura- produzidas pela agricultura familiar e cooperativas populares. O fato de serem artesanais, agroecológicos, livres de sulfatos e parabenos faz com que seja um produto político,especial agregando valor e proporcionando uma renda extra aos envolvidos em todo o processo.

 

Por Nanda Tanara

 

 

 

 

A Fitocosmética Consciente e Agroecológica
Classificado como:                                    

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *